O desafio de melhorar a eficiência hídrica em ambos os lados do Atlântico

Perante um dos grandes desafios mundiais, como o stress hídrico, as empresas que gerem o serviço da água proporcionam inovação e capacidade de investimento para procurar eficiência e garantir o cuidado do recurso.

A emergência climática e a escassez de água são preocupações transversais a todo o planeta. Territórios não adjacentes com diferentes especificidades enfrentam desafios comuns relacionados com a escassez de água e a pressão sobre os recursos hídricos. Uma gestão eficiente da água é essencial para enfrentar estes desafios. Além do desenvolvimento de estratégias mais eficazes para a conservação do recurso, há uma demanda por empresas que tragam competência, inovação, tecnologia e capacidade de investimento, adotando soluções cada vez mais voltadas para a sustentabilidade.

Desde o arranque do Cluster Sul da Arábia Saudita, gerido por um consórcio liderado pela Aqualia, o projeto já acumulou melhorias técnicas significativas que otimizam o desempenho da infraestrutura. Além dos progressos na monitorização da qualidade da água, o Cluster Sul também concluiu a instalação de todos os registadores de pressão contemplados no projeto, o que ajudará a compreender e a melhorar a rede de abastecimento de água, contribuindo para reduzir a água não faturada e melhorar a continuidade do abastecimento.

Na República Checa, a filial Aqualia Smvak, que serve 1.200.000 utilizadores, tornou-se uma das referências do país no seu sector. Graças aos investimentos da empresa nos últimos anos. Em 2023, as três estações centrais de tratamento de água potável da SmVaK Ostrava conseguiram produzir mais eletricidade do que consumiram para a sua atividade.

Na Geórgia, a GWP, filial da Aqualia, inaugurou o seu primeiro centro de operações multifuncional – uma nova unidade estrutural com autonomia no fornecimento de água a zonas específicas, cuja implementação simplificará os processos operacionais e reduzirá o tempo de resposta em caso de contingência.

No estado de Baja California Sur (México), a Aqualia iniciou o ano com a execução do projeto de Melhoria da Gestão Integrada (MIG) do serviço de água potável de Cabo San Lucas. Durante os próximos 10 anos, será melhorada a eficiência física da infraestrutura de água com o objetivo de aumentar a eficiência da rede dos atuais 50% para mais de 75%, bem como a renovação de redes e contadores. O projeto inclui a deteção, reparação e controlo de fugas e das infraestruturas de água necessárias.

Na Colômbia, a empresa está a avançar na melhoria das infraestruturas dos 32 municípios onde opera para ultrapassar a falta de investimento nos mesmos.

No início do ano, a Aqualia deu o salto para os Estados Unidos ao assumir o controlo da empresa Municipal District Services (MDS), que gere o ciclo completo da água para 364.000 habitantes nos arredores de Houston (Texas). Com esta aquisição, a empresa irá liderar o desenvolvimento da atividade no sul dos Estados Unidos, com o objetivo de se tornar um dos principais operadores na zona.

A digitalização é uma estratégia fundamental para alcançar os objetivos de sustentabilidade e eficiência nos serviços de água. A Aqualia desenvolveu vários sistemas de gestão inteligente que giram em torno de uma plataforma inteligente, denominada Aqualia Live, capaz de integrar todos os processos que intervêm na gestão da água para conseguir uma gestão mais eficiente e sustentável.

Todos os meses lançamos a nossa newsletter, a qual dá a conhecer os nossos próximos eventos (almoços de empresários, torneios, seminários, conferências) e atividades formativas. Também pode consultar as notícias dos nossos associados.

Subscrição

Editamos, mensalmente, a revista Actualidad€ Economia Ibérica, a qual conta com mais de 30.000 leitores. Distribuída em ambos os países a nível empresarial, a associados e não associados e a entidades oficiais, sendo um excelente veículo de promoção.

Subscrição

A Actualidade-Economia Ibérica é uma revista mensal de informação geral, que pretende dar, através do texto e da imagem, uma ampla cobertura dos mais importantes e significativos acontecimentos nacionais e internacionais, com destaque para a atividade económico-financeira de âmbito ibérico.

A Actualidade-Economia Ibérica é independente do poder político, económico ou outros, procurando uma abordagem objetiva dos temas e de interesse para o público em geral.

A Actualidade-Economia Ibérica identifica-se com os valores da democracia pluralista e solidária e defende o pluralismo de opinião.

A Actualidade-Economia Ibérica assume o compromisso de respeitar, no exercício da sua atividade, o cumprimento rigoroso pelos princípios deontológicos e pela ética profissional dos jornalistas, assim como pela boa fé dos leitores.

A Actualidade-Economia Ibérica pauta-se pelo princípio da distinção entre informação factual e opinião, as quais devem ser claramente separadas e identificadas e repeitando sempre o princípio da boa fé.
Em vigor desde a fundação da revista, em 1971.

A única revista de informação especializada, útil e de qualidade do mercado ibérico. Um excelente veículo de comunicação e promoção no âmbito das relações empresariais.